Conexão Magazine

CAPA DIGITAL | Rafael Summers | Ed. 15

Redação CM

Redação CM

1 de abril de 2024

CAPA DIGITAL | Rafael Summers | Ed. 15

A música de Rafael Summers é como uma estação de rádio que você não consegue desligar – envolvente, cativante e sempre pronta para surpreender seus ouvintes espalhados ao redor do mundo. E é com este artista incrível que estreamos mais uma capa digital da Conexão Magazine!

Com 26 anos e dois EPs lançados oficialmente pelo selo Angorá Music, o cantor se destaca com sucesso como um talento promissor do cenário pop atual. Seu mais recente projeto, “Radio Drama“, é uma fusão única de sons e sentimentos, onde cada faixa possui uma narrativa que ecoa na alma de quem as escuta.

Nesta entrevista descontraída, teremos a oportunidade de conhecer um pouco mais o universo dramático e musical de Rafael. Prepare-se para uma conversa sobre música, inspirações e sonhos, com direito a informações exclusivas sobre os próximos capítulos de sua trajetória.

O que podemos esperar de sua carreira em 2024? Há algum projeto empolgante a caminho?

Estou vivendo, este ano, um momento bem significativo, marcado por transições em minha carreira. Eu e minha equipe estamos colhendo os primeiros frutos do que plantamos até aqui e preparando o terreno para muitas novidades. Com toda certeza, surpresas estão a caminho, mas ainda não posso dar muitos detalhes sobre as mesmas porque não quero estragar o que planejamos com cuidado e muito carinho para surpreender os fãs do meu trabalho.

De qualquer forma, quem me acompanha sabe que eu não sou muito bom em guardar segredos por muito tempo e que a minha parte favorita de todo o processo é o momento de revelar o que vem a seguir, então… aqui vai uma novidade exclusiva… teremos muito em breve novos videoclipes e uma versão estendida do Radio Drama, meu segundo EP, em todas as plataformas digitais!!

Créditos: Natália Pinheiro

Baseado nesta novidade incrível, é perceptível que o EP ‘Radio Drama’ tem um significado importante em sua trajetória artística. Qual foi a inspiração por trás desse projeto e o que o levou a querer expandi-lo em uma nova versão?

Existe um amadurecimento muito bonito por trás desse EP. A cada lançamento, sinto que estou mais experiente e confortável em me desafiar, com o objetivo de elevar o nível das minhas criações. Eu devo muito dessa percepção ao processo de construção do “Radio Drama”.

Este projeto surgiu de um momento repleto de incertezas onde, com o fim da pandemia, fui forçado a encarar uma nova realidade e lidar com novos inícios. Eu apelidei essas experiências de “dramas” e percebi que eu não era o único no mundo lidando com eles. Foi aí que decidi então compilar esses dramas em um projeto onde eu pudesse dividir e encará-los, simultaneamente, com todos meus ouvintes. Basicamente o mesmo que acontece ao ligarmos um rádio para espairecer ou lidar melhor com nossas emoções, por isso a metáfora do nome. As composições presentes no “Radio Drama” são 100% minhas e não possuem coparticipações, algo que no passado não achei que era capaz de criar sozinho. A minha decisão de expandi-lo aconteceu após eu sentir que ainda não era hora de encerrar este ciclo e quatro músicas não eram suficientes para explorar todas as narrativas que existiam no interior do meu coração. Eu estava me divertindo demais para simplesmente ter que parar por ali!

Créditos: Natália Pinheiro

Como funciona seu processo criativo?

Sendo bem sincero, é um grande caos! Eu tento não me limitar impondo regras, então cada música nasce de uma forma única e no seu próprio tempo. Algumas nascem de forma espontânea, como aconteceu com “Quando a Festa Acaba”, enquanto outras chegam até mim aos poucos, como “Hey You” e “Astronaut”. Às vezes acontece da letra e melodia surgirem juntas e em outros casos eu escrevo em cima de uma base inicial, criada por mim e pelo produtor no estúdio. Existem também faixas, como no caso de “Drain My Energy” e “Superstitions”, que eu reescrevo e adapto milhares de ideias até sentir que as peças finalmente se encaixam. Acho que nunca reescrevi tanto uma música quanto aconteceu com “Superstitions”… mentira, talvez esse recorde pertença à próxima faixa a ser lançada em breve e que completa a versão estendida do EP! #spoiler

Se tivesse a oportunidade de se apresentar ao lado de três artistas, quem seriam eles e por que você os escolheria?

Sem dúvida alguma, meu maior sonho é ter a oportunidade de dividir um palco com minhas maiores inspirações: Taylor Swift, Lady Gaga e Avril Lavigne. Não existe uma ordem de preferência aqui, eu amo e sou grato igualmente por tudo o que aprendi acompanhando a carreira desses três grandes ícones.

A Taylor me influenciou muito a ser detalhista e contar histórias em minhas composições. Tem muito dela na forma em que eu escrevo e crio minhas canções atualmente. Já a Gaga me ensinou a ter orgulho de quem sou, me inspirou a aprender piano (meu instrumento favorito), a não desistir dos meus sonhos e também a entender que minhas diferenças são minhas maiores qualidades. Posso dizer que o trabalho dela me ajudou muito durante minha adolescência. Por último, mas não menos importante, a Avril foi minha primeira ídola e quem despertou em mim a vontade de consumir e fazer música. O primeiro CD que eu comprei na vida foi dela e, além de amar toda a rebeldia e rock n roll presente nos seus trabalhos, eu amava passar a tarde esperando pelos seus clipes na televisão!

Créditos: Natália Pinheiro

Antes de encerrarmos, qual mensagem você gostaria de compartilhar com os leitores?

Primeiramente, eu queria agradecer a todos que leram essa entrevista até aqui. Isto está se tornando algo cada vez mais raro, nos dias atuais, e sou muito grato a todos que dedicaram seu tempo em saber mais sobre mim e a minha arte. Espero poder sempre retribuir com canções que fazem a diferença na vida de vocês!

Também queria comentar sobre o fato de que o mundo tenta constantemente limitar nossas ambições e nos colocar dentro de padrões pré-estabelecidos. Por favor, não deixe que isso afete seus sonhos e sua essência! O homem não teria pisado na lua sem a determinação de tornar o impossível possível. Eu sei que na teoria é mais fácil do que na prática, mas acredite… eu repito constantemente isso a mim mesmo também porque quero, um dia, reler essa entrevista estando em um patamar mais alto na minha carreira e me orgulhar da estrada que me levou até lá. Espero que isso os motive a acreditar em seu potencial e a fazer o mesmo por vocês.

Ouça agora o novo EP:

Não perca nenhuma novidade!

Aumente o som e encante-se com a narrativa emocionante presente nas canções de Rafael Summers. Siga o artista em suas redes sociais e escute seu EP “Radio Drama” em sua plataforma digital de música favorita! Para mais informações: clique aqui

Redes Sociais:

Instagram, Tiktok e Twitter: @RafaelSummers_
Youtube: Rafael Summers

Ficha Técnica:

Fotos: Natália Pinheiro
Assessoria: Mercedes Santos

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS